Apoiando contratos justos e incentivando o diálogo social

Esperamos que nossos fornecedores forneçam empregos regulares. Isso significa que eles não devem tentar evitar as obrigações para com os funcionários sob as leis trabalhistas ou de segurança social por meio da contratação, subcontratação, acordos de trabalho em casa, uso excessivo de contratos a prazo, esquemas de aprendizagem ou termos probatórios de emprego no qual não há a intenção real de transmitir habilidades ou proporcionar um emprego regular.

 

 

 

Também apoiamos os direitos dos trabalhadores de formar ou participar de associações sindicais e colaboramos com os fornecedores para capacitar os trabalhadores para aumentar a produtividade e a satisfação. Um exemplo é o diálogo aberto que começamos com os nossos fornecedores e grupos de trabalho cambojanos  para dar aos trabalhadores meios eficazes de compartilhar preocupações. No futuro, pretendemos expandir essas mesas redondas com fornecedor para outros países de produção, onde temos percebido evidências de questões de liberdade de associação.

cover-photo play

Ajudando os fornecedores a melhorar suas habilidades de negócios

Fortes competências empresariais são vitais para administrar e expandir uma pequena empresa. No Brasil, muitos de nossos fornecedores operam pequenas empresas e não necessariamente têm os recursos para investir na capacitação comercial. Começamos um programa de Gestão de Negócios com os principais fornecedores em 2014 para aumentar suas habilidades comerciais e sua confiança. Vinte dos nossos principais fornecedores concluíram o programa de cinco módulos em 2015, ganhando conhecimentos e habilidades práticas em temas relacionados a qualidade, produtividade, finanças, tributação e gestão de pessoas.

A C&A vê o potencial de nossas empresas e pessoas, por isso visa capacitar não só os diretores das empresas, mas também os proprietários da empresa e a própria empresa. Quando aprendemos algo em um curso de gestão tentamos reproduzir estes conhecimentos, não só na empresa, mas também com subcontratados e com outras pessoas que fazem parte da rede de fornecimento.

Luiz Passos, Diretor Comercial, Marcel BR

case-study

Empoderando os trabalhadores no Camboja

 

 

Nós tivemos um diálogo aberto sobre a liberdade de associação com os nossos fornecedores cambojanos, com a Organização Internacional do Trabalho, com a Better Factories Cambodia e com o Ministério do Trabalho cambojano para ajudar nossos fornecedores a dar aos trabalhadores meios eficazes de repassar preocupações e queixas. Por fim, queremos ajudar os trabalhadores a falar com seus empregadores sobre salários e condições de trabalho sem medo de represálias.

Nós realizamos quatro mesas-redondas com todas as partes relevantes no Camboja para abordar esta questão em 2015, com a participação de cerca de um terço dos nossos fornecedores cambojanos. Em particular, destacamos a importância do desenvolvimento de relações laborais saudáveis ​​com trabalhadores e seus sindicatos.  

 

 

Amplificando as vozes dos trabalhadores

Queremos identificar canais alternativos e anônimos para que os trabalhadores possam expressar suas preocupações, para que nós possamos apoiar melhor os nossos fornecedores conforme eles identificam problemas e melhoram a saúde, a segurança, as condições de trabalho e a satisfação do trabalhador.

A C&A Foundation firmou uma parceria com duas organizações - a LaborVoices e a LaborLink — que possuem uma tecnologia interativa de gravação de voz via telefone celular que permite que os trabalhadores escutem informações do local de trabalho sobre os seus direitos e suas preocupações ao responder uma pesquisa. Com os nossos fornecedores, estamos lançando o projeto piloto do LaborVoices para ajudar a melhorar as condições de trabalho em fábricas na Turquia. Em Bangladesh e na China estamos testando o LaborLink.

No primeiro ano, nossa equipe na Turquia inscreveu 40% de nossas unidades de produção no programa LaborVoices e, ao longo do ano, mais de 27% dos trabalhadores das fábricas participantes realmente usaram o canal. Em 2016, vamos trabalhar de perto com as nossas unidades de produção para inscrever 80% das fábricas de nossos fornecedores no LaborVoices. Esperamos usar essa abordagem de baixo para cima para aumentarmos a transparência da rede de fornecimento e encontrarmos alternativas às auditorias que possam melhorar as condições de trabalho. Na próxima fase, pretendemos avaliar se as soluções identificadas no processo estão tendo impactos positivos no ambiente de trabalho.

 

 

 

image

Case Study

Brasil: Inovação para os nossos Fornecedores

Em 2015, depois do código de conduta ser assinado por todos os fornecedores brasileiros, os departamentos de SSC e de treinamento lançaram uma forma inovadora para tornar o Código de Conduta para o Fornecimento de Mercadorias disponível para todos os nossos fornecedores.

Desenvolvemos um aplicativo para smartphones para dar aos fornecedores acesso ao código em qualquer lugar e a qualquer momento, uma forma fácil e ágil de acessar as informações que eles precisam sobre o Código. Quando tiverem dúvidas, basta olharem para o seu smartphone ou tablet e acessarem os conteúdos organizados por categorias. Com esta inovação, os fornecedores podem conhecer os requisitos de SSC, as diretrizes de apoio ao Código de Conduta e a versão digital do Código de Conduta para o Fornecimento de Mercadorias.

México: Um prêmio de responsabilidade corporativa por nosso trabalho com fornecedores

A C&A recebeu um prêmio empresarial de ética do Mexican Centre for Philanthropy em 2015, reconhecendo nossos esforços para melhorar as condições de trabalho em nossa rede de fornecimento.

Em particular, nós oferecemos treinamento para todos os fornecedores diretos sobre o novo Código de Conduta da C&A e os ajudamos a desenvolver e implementar seus próprios planos de ação corretiva.

México: Inspirando estudantes a aumentar a conscientização com relação aos direitos dos trabalhadores

No México, trabalhadores da indústria de vestuário muitas vezes não estão conscientes dos seus direitos e, por vezes, trabalham sem contratos de trabalho ou cadastros de pessoa física.

Em 2015, lançamos um concurso nacional convidando estudantes universitários a criar um infográfico mostrando os benefícios de contratos de trabalho e como eles funcionam. Sessenta alunos desenvolveram projetos criativos. Fornecedores, unidades de produção, e as associações têxteis vão usar o projeto vencedor, anunciado em 2015, para fins educativos.

C&A logo

You have arrived at the English language version of this site.