Abordando uma economia circular

Com a população mundial chegando a nove bilhões de pessoas em 2030, haverá mais pressão do que nunca sobre o capital natural para atender a demanda do consumidor. Uma das formas da C&A gerar liderança como uma varejista global é através do abandono da economia de criar, usar e descartar e do direcionamento para uma economia que mantenha os recursos em uso por muito mais tempo, tanto quanto for possível. Para isso, precisamos aproveitar estes produtos e materiais ao máximo durante o uso e, quando chegarem ao fim de sua vida útil, vamos recuperá-los e transformá-los.  

Há infinitas oportunidades para dar vida a nossa ambição de uma economia circular e sabemos que isso será necessário para apoiar o futuro da indústria de vestuário.

Por que uma economia circular é necessária para a produção de roupas

Facilitadores do modelo de economia circular na indústria de roupas

Só no Reino Unido, mais de 1 milhão de toneladas de roupas são consumidas por ano e muitos desafios fazem com que seja difícil fechar o ciclo de vida de forma circular das peças de vestuário. Em um modelo circular, as fibras de roupas são recuperadas no final de suas vidas e reciclados em novas roupas, tapetes ou outros produtos. Se a indústria de vestuário for em direção a um modelo de economia circular, isso reduziria a necessidade de fibras virgens, limitaria o desperdício, melhoraria a eficiência e criaria equidade social. A partir da nossa pesquisa há 6 áreas nas quais podemos viabilizar uma economia circular na indústria de roupas.

Facilitadores do modelo de economia circular para a indústria de roupas

newborn collection

Parcerias para desenvolver uma estratégia circular

Nossa análise

67%

no aumento das emissões de CO2 se a taxa de crescimento atual no consumo de roupas continuar até 20251

30% das roupas estão atualmente sendo reutilizadas ou recicladas em países desenvolvidos1

 

 

Baixa maturidade e dimensionamento de tecnologias para triagem e reciclagem de roupas usadas1

Parceria com a C&A Foundation para gerar uma mudança do Sistema

Ao longo deste relatório, temos enfatizado os desafios da indústria global de roupas e acreditamos que há uma solução para estes impactos ambientais e sociais. Em parceria com a C&A Foundation, pretendemos criar um novo futuro para a produção de roupas assumindo um compromisso para viabilizar a utilização, a reutilização e o "renascimento" das roupas.

Em 2016, nossa parceria vai criar um centro focado em incubação e aceleração de tecnologias que darão apoio à economia circular na indústria de vestuário. Esse centro vai contribuir para uma colaboração mais profunda da indústria, colocando em prática os incentivos e as estruturas para desenvolver e implementar as tecnologias necessárias para começar a criar fluxos intermináveis ​​de fibras e de roupas. Mais especificamente, a parceria vai proporcionar um espaço de pesquisa, apoio financeiro e orientação para desenvolver e comercializar tecnologias de fabricação da próxima geração.

O centro também vai buscar inovações visionárias com potencial de transformar fundamentalmente a indústria para que a mesma faça mais o bem. Nosso objetivo comum será de transformar a indústria como um todo por meio da criação de soluções de código aberto que possam ser adotadas por todos os participantes da indústria de roupas. Vamos lançar esta parceria em 2016.

 

Análise McKinsey para a C&A, 2015

newborn collection

Reciclagem

Mais 350.000 toneladas de peças de vestuário por ano acabam em aterros sanitários apenas no Reino Unido e, com isso, seu valor potencial como recursos reutilizáveis ​​foi perdido. Devido ao modelo atual de produção de roupas ainda ser baseado em matérias-primas virgens, o volume de roupas descartadas provavelmente irá crescer à medida que mais consumidores compram — e, eventualmente, jogam fora — ainda mais roupas.  Saiba mais sobre como estamos abordando esta questão importante em nossas próprias operações.

Saiba mais
64.451

celulares, pilhas e baterias foram destinados para reciclagem nas lojas no Brasil.

564

toneladas de roupas recicladas pela Vökotex na Europa.

Case Study

Brasil: Reciclagem de cabides – 5,6 milhões e esse número vai além

O sistema de reutilização e reciclagem de cabides da C&A abrange todas as 297 das nossas lojas brasileiras, incluindo aquelas em áreas remotas. Em 2014, também mudamos o plástico do cabide de poliestireno para polipropileno, tornando-o mais durável e reutilizável.

Em 2015, reciclamos cerca de 5.600.000 cabides de plástico. Se não tivéssemos reciclado esses cabides, eles teriam se tornado cerca de 224 toneladas de resíduos por ano.

Brasil: Dando uma nova destinação aos uniformes dos funcionários

Quando redesenhamos os uniformes dos funcionários em 2014, não queríamos que o modelo antigo fosse para o lixo. Por isso, pensamos em uma nova forma de destinção. Foram coletados cerca de 67.000 itens em nossa primeira coleta em 2014 e mais 10.000 uniformes e 600 calçados, em 2015.

Esta iniciativa de reciclagem permite que as ONGs parceiras criem empregos para as mulheres locais de origens desfavorecidas, que usam o material para fazer chaveiros, bolsas e capas para notebook. Nós muitas vezes compramos esses brindes para presentear funcionários, visitantes ou parceiros.

Brasil: Encorajando a reciclagem de resíduos eletrônicos

Além de roupas, nossas lojas no Brasil também vendem aparelhos eletrônicos, como celulares e tablets.

Realizamos campanhas anuais para lembrar os clientes para trazerem seus telefones celulares, pilhas e baterias  velhas para nossas lojas para o descarte adequado. Em 2015 foram coletados 64.451 itens.

China: Ajudar os colaboradores da C&A a desempenharem um papel central nos nossos planos economia circular

Assegurar que os funcionários saibam como eles podem integrar os princípios circulares no seu trabalho diário é vital para alcançar uma economia circular genuína. A C&A China realizou um workshop interativo para 60 funcionários, apresentado por Bill McDonough, pioneiro do princípio Cradle to Cradle®. Ele encorajou os participantes a repensarem a forma como concebemos, compramos e produzimos roupas e para vermos os resíduos como um "ingrediente" que deve ser usado novamente.

Europa: Inspirando clientes a reciclarem as roupas

Para apoiar a transição para um modelo circular, estamos realizando uma ação em nossas lojas holandesas: os clientes da C&A que doarem roupas velhas de qualquer marca para reciclagem ganharão um cupom de 5% de desconto, uma ação com o slogan "Traga suas roupas velhas para C&A e dê a elas uma segunda vida". Nosso parceiro de reciclagem, a I:CO, uma especialista internacional em reciclagem de roupas e sapatos, decide quais itens podem ser vendidos novamente no mercado de roupas usadas e quais podem ser reciclados para criar matérias-primas para novos produtos. Para cada quilo de roupas ou sapatos coletados, a I:CO faz uma doação à organização CharityStar, que apoia comunidades europeias carentes. Esperamos ampliar o programa de reciclagem para outros países e regiões europeias. Também tomamos medidas de reutilização e reciclagem de mercadorias não vendáveis. Em 2015, 564 toneladas de roupas também foram recicladas pela Vökotex.

C&A logo

You have arrived at the English language version of this site.