O foco em produtos é fundamental para uma indústria de vestuário mais sustentável

A crescente população global. A rápida expansão da classe média no mundo em desenvolvimento. Rápidas tendências de moda. Esses e outros fatores estão aumentando a demanda por roupas em todo o mundo. Ao mesmo tempo, a produção de vestuário é um recurso intensivo. Ao longo da cadeia de valor, desde o cultivo e transporte de matérias-primas como o algodão - que usamos mais do que qualquer outra matéria-prima - até os insumos necessários para fazer o acabamento de uma peça de vestuário, a produção de roupas exige muita água e energia e contribui para as mudanças climáticas. Quando as peças de roupa chegam ao fim de seu uso prático, apenas um terço das roupas usadas são recicladas1. Claro que o foco central de nossa ambição de produtos sustentáveis é ELA, nossa cliente. Queremos ajudar ELA a ficar linda e se sentir bem, pois ela espera que as roupas DELA tenham sido produzidas respeitando o meio ambiente, os funcionários e as gerações futuras.


A indústria de roupa atualmente trilha um caminho insustentável.

Demanda Global de Roupas (2000-2014)2 Projeção de Impactos Ambientais Globais (2025)3
 
  • 5% de aumento na média anual, sendo que o maior crescimento é visto em países em desenvolvimento.
  • 55% de aumento na média do número de peças de roupas compradas, por pessoa.
 
 
  • Aumento de 67% nas emissões de dióxido de carbono.
  • Aumento de 14% no uso da água.
  • Aumento de 5% no uso da terra.
 

 

 

Nossa Ambição: Moda com impacto positivo

Este aumento da demanda por peças de roupas combinado aos impactos ambientais projetados não é sustentável. O caminho a seguir é claro: devemos fornecer produtos mais sustentáveis a partir de uma mudança no ciclo de vida das roupas - desde a forma como são produzidas até o seu destino no fim do ciclo de vida.

Mas essa mudança não vai acontecer do dia para noite. E, apesar de sermos apenas uma empresa entre muitas, podemos contribuir para ajudar a indústria da moda a melhorar. Por isso nossa ambição à longo prazo é ajudar a indústria a se afastar da abordagem linear - às vezes caracterizada como 'pegue, faça, jogue fora' - e direcionar a indústria para uma economia circular, em que os materiais se tornam parte de um círculo fechado e são reciclados para virar novos produtos. Ao mesmo tempo, pretendemos reduzir os impactos originados na produção de matérias-primas.

Nossa Abordagem: Parcerias com terceiros para gerarmos mudanças na nossa empresa e na indústria

Para conquistarmos esse objetivo, usamos uma abordagem de duas fases:

1. Matérias-primas - Foco em reduzir os impactos da produção de matérias-primas sobre o meio ambiente e as pessoas. Queremos ajudar a criar uma mudança positiva na forma como as matérias-primas são produzidas. Isto inclui trabalhar com a C&A Foundation e com outras empresas e organizações sem fins lucrativos para aumentar a disponibilidade de algodão orgânico e mais sustentável.

2. Economia circular - Analisar toda a cadeia de valor para determinar como podemos fazer a transição para uma economia circular  e impulsionar a inovação.  Parceria com a C&A Foundation para incubar e acelerar a tecnologia circular na indústria de roupas.

 

Nossas metas para 2020: Usar matérias-primas mais sustentáveis

 

 

  • 100% do nosso algodão mais sustentável
  • 67% das matérias-primas mais sustentáveis

 

A curto prazo - até ao final de 2016 - vamos:

  • Desenvolver uma abordagem para um fornecimento de viscose e poliéster mais sustentáveis.
  • Em parceria com a C&A Foundation, estamos lançando um centro focado em incubação e aceleração de tecnologias circulares na indústria de vestuário - com o objetivo de criar fluxos intermináveis ​​de fibras e de peças de vestuário.
  • Implementar nossa estratégia redefinida de algodão.
  • Aumentar nosso foco no bem-estar animal.

Nosso progresso em 2015

Ainda há muito a ser feito, mas estamos fazendo bons progressos em direção aos nossos objetivos por meio de compras responsáveis, pesquisa científica e parcerias com organizações da indústria e sem fins lucrativos. Ao longo de 2015, nós:

  • Pela terceira vez, fomos nomeados como a maior consumidora mundial de algodão orgânico pela Textile Exchange.
  • 40% do algodão usado em nossas coleções é mais sustentável, incluindo algodão orgânico e algodão cultivado sob as regras da Better Cotton Initiative.
  • Em parceria com a C&A Foundation, estamos lançando um centro focado em incubação e aceleração de tecnologias circulares na indústria de vestuário - com o objetivo de criar fluxos intermináveis ​​de fibras e de peças de vestuário.
  • Nos tornamos um dos membros fundadores da Organic Cotton Accelerator, juntamente com a C&A Foundation.
  • Expandimos a nossa linha de peças produzidas com materiais mais sustentáveis, tais como poliéster reciclado, e peças produzidas com menor uso de água.
  • Desenvolvemos nossas primeiras pegadas do berço ao túmulo (cradle-to-grave) de carbono e hídrica das operações globais da C&A.
  • 100% das nossas plumas terão certificação RDS, continuamos comprando lã de fontes recicladas.
  • Programas fundamentais de poliéster reciclado e viscose sustentável foram adotados.
  • Nos juntamos à BCI e à Canopy para viabilizar o algodão e a viscose sustentáveis.
  • Parceria com o canal National Geographic para entender melhor a produção de algodão mais sustentável no documentário, For the Love of Fashion (Por amor à moda).
newborn collection

Materiais sustentáveis

Nossa visão da moda com impacto positivo começa com as matérias-primas — algodão, poliéster, viscose e outros itens que são usados para produzir nossas roupas. A forma como esses materiais são cultivados ou fabricados é de fundamental importância para a criação de um futuro sustentável na nossa rede de fornecimento e além.

Saiba mais

Destaques

40% das coleções de algodão são feitas com algodão mais sustentável.  

25% de todas as nossas coleções são feitas com materiais mais sustentáveis.

newborn collection

Economia circular

Nossa visão para a indústria global de roupas é baseada em uma economia na qual podemos fechar o ciclo das fibras e das nossas roupas de uma forma justa e restauradora. Em 2016, em parceria com a C&A Foundation vamos lançar um Centro focado exclusivamente em incubação e aceleração de tecnologias circulares para a indústria de vestuário.

Saiba mais

Destaques de 2015

564

toneladas de roupas foram recicladas pelo nosso parceiro Vökotex.

Em parceria com a C&A Foundation vamos criar um centro para a economia circular na produção de vestuário.

Clientes da Holanda que devolverem roupas usadas para que sejam recicladas ganham um cupom de desconto.

newborn collection

Qualidade e segurança dos produtos

Cada peça de roupa ou acessório que vendemos não só devem cumprir os requisitos legais, mas também os nossos próprios padrões rigorosos de qualidade até o último detalhe. E devem ser produzidas em ambientes que protejam a saúde e bem-estar do trabalhador. Garantir este nível de segurança e qualidade é um processo composto por diversas fases que inclui verificações detalhadas durante a produção e em nossas lojas—assim como iniciativas para aumentar a segurança e a qualidade em toda a indústria de roupas.

Saiba mais

Destaques de 2015

25%

das nossas coleções na Europa atendem ao padrão Oeko-tex® para produtos utilizados contra a pele.

Nenhum PFC é utilizado nos produtos da C&A.

A C&A Europa lançou seus primeiros produtos GOTS na nova coleção 2015 para bebês.

1 pesquisa da McKinsey press encomendada pela C&A, 2015.
2 pesquisa Euromonitor do tamanho do mercado de roupas, Banco Mundial, 2015.
3 modelo McKinsey para a C&A, Banco Mundial, 2015.

 

 

C&A logo

You have arrived at the English language version of this site.